Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2009

REGRESSO COM O TEJO EM FUNDO

FOTO: No final do MIUT no Machico e após mais de 25hrs de prova.

Eu sei que não há maneira de acabar o relato do MIUT, mas ando um bocadito preguiçoso....e pouco inspirado.
Finamente voltei a treinar corrida e BTT com a regularidade de um adrelinodependente ( sim pertenço à categoria dos tóxicoindependentes, porque este "material" não se compra a nenhum traficante) e portanto esta semana além dos treinos diários de natação anárquica, corri duas vezes e hoje pedalei pela primeira vez depois da aparatosa queda em Agosto. O que posso dizer? Que a maleita ou ainda cá está, ou então está o fantasma dela, porque ainda dói, sobretudo após os treinos ( e isto do pensar que dói quando não dói também acontece, buuuuu). Certo, certo, é que ando "em baixo" com isto, não há maneira de voltar a ter aquela força, bem-estar e motivação de outrora.Depois, porque com isto perdi a primeira prova da época de corridas de aventura, ainda por cima quando esta até parece que está bem organiz…

BACK TO BASICS

Depois de mais de um mês parado e alguns meses com limitações, hoje recebi ordem do médico para voltar a treinar.
Um regresso ao essencial!

Travessia da Baía de Sesimbra 2009

Interrompo o relato do MIUT para escrever umas linhas acerca da já mítica "Travessia da Baía de Sesimbra".

Mítica porque fez no dia 4 de Outubro 54 anos ( 1946) que se realizou a sua primeira edição com a participação de 22 atletas, 20 homens e 2(!)mulheres. Remonta portanto a uma época na qual as piscinas rareavam e as águas abertas seriam os espaços de treino de eleição, época de gente que aprendeu a nadar no Tejo ou nas praias por este país fora, época em que ver duas senhoras a nadar a este nível e esta distância ( 1500mts) era de facto uma "ousadia" deste género numa sociedade fortemente "masculinizada". Mítica ainda porque fica numa praia (para mim outrora), de rara beleza e forte cultura ligada ao mar e da qual guardo memórias felizes desde que me conheço.
Já fiz esta travessia algumas vezes não sabendo precisar quantas, mas é raro o ano em que não proponho à malta do CAB uma ida a Sesimbra. Quando fiz o convite, ainda estavam gravadas na minha memór…