quinta-feira, janeiro 05, 2012

A NAVEGAR EM 2012


Dizia um camarada no facebook comentando a compra deste caiaque: " quando todo o país mete água e parece afundar, o Zé Neves compra um caiaque para se salvar". Ehehehe, não podia estar mais de acordo, viva a metáfora! Só falta a pagaia o colete e sobretudo tempo para o "batismo". Primeiro certamente aqui em baixo no Tejo ( estou a 500mts dele) e depois e de acordo com as propostas já recebidas, outra vez o Tejo, mas o Internacional e o Guadiana a partir das proximidades de Serpa. Isto já para não falar da Ria Formosa, lá em baixo "do pé para a mão" da minha cabaninha de férias. Upa! Até "se me" encaracolam as unhas dos pés da ansiedade... ;-)

2012, apesar das muitas dificuldades porque passo, muitos passam e todos passaremos, promete ser um ano para "navegar". Isto tudo faz ainda mais sentido através de um poema de Fernando Pessoa, celebrizado por uma canção do cantor brasileiro Caetano Veloso : "Navegar é preciso. Viver não é preciso".

Tenham um ano de 2012 "navegável"!!!







2 comentários:

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Só andei (naveguei) numa coisa dessas 1 única vez. Penacova - Coimbra, um dia inteirinho a navegar, mas claro, com muitas paragens. Banhos, virar o caiaque, retomar a viaggem, comer, conviver e remar, remar! Um dia memorável! Depois, apesar de ter adorado, nunca mais andei. Falta de tempo, de oportunidade, de dinheiro, de companhia...de falta de acção, é o que é.

Boas navegações para ti Zen, neste ano de 2012.

Um beijinho
Ana Pereira

Jorge Branco disse...

Quando vieres Tejo abaixo e passares por Valada avisa-me!
Já lá estive duas vezes a apoiar os corredores dos Caminhos do Tejo terei todo o gosto em de ir ver-te passar em sentido oposto e por via fluvial!

Arquivo do blogue