sábado, fevereiro 21, 2015

CAXIAS - PAÇO DE ARCOS

E lá cumpri com o irreversíveis aventureiros Jorge e Luis, uma das suas muitas travessias Caxias - Paço de Arcos. Esta "edição" teve o sugestivo nome de "Travessia Pirata de Carnaval", embora a temperatura da água a pouco menos de 14º não estivesse propriamente para "carnavais". No final dos mais de 2500mts não me ri, porque não conseguia, tinha a cara gelada, mas estava feliz por diferentes motivos: pelo ambiente extraordinariamente fraterno que encontrei esta manhã, pelas saudades que eu tinha de fazer umas "águas abertas" ( olhar o azul do céu, ver gaivotas a pairar por cima de mim e estar num imenso mar conectado com o universo) e por ter "desembarcado" na praia onde fiz o meu 1º triatlo na companhia do meu irmão António ( Triatlo do Ambiente em 1995), um local "mítico" portanto!

 PS- Um recado para aquelas "betinhas da linha" desta manhã escandalizadas por verem três maduros a beber uma cervejola às 10 da matina no paredão de Oeiras: " vão dar banho ao pipi no mar que isso passa!" 
Abraços aos presentes ( esqueci-me da incondicional Iolanda no apoio) 








 Fotos: Jorge e Luis Miguel/Iolanda

2 comentários:

Jorge Branco disse...

Nesse caso foi mais águas míticas!
Abraço.

Zen disse...

Olá Jorge

Sem dúvida, só faltaram as Tágides :-). Abraço

Arquivo do blogue