Avançar para o conteúdo principal

O Homem da Maratona] UMA CRÓNICA APRESSADA - 2006


Posted by Zen to O Homem da Maratona at 8/02/2006 08:05:00 AM
Na foto: Eu e o Dominique um corredor e leitor do meu blog além fronteiras durante o Raid Melides - Tróia.

UMA CRÓNICA APRESSADA ANTES DE IR DE FÉRIAS ( no fórum de atletismo "O Mundo da Corrida")
Olá REIS DAS AREIAS

Antes de mais PARABÉNS!!!

No "dia mais longo" os Raiders foram coroados REIS DAS AREIAS. A minha profunda admiração para com os "heróis" desta aventura extrema.
Serão para sempre uns ULTRASANDMARATHONMAN ( é um grande epíteto mas soa muito bem)!

Meus amigos

Confesso que invejo as vossas dores, sinal que estiveram lá, eu estive apenas "por ali" mas sinto partilhei um pouco do vosso espírito.

Farei então o relato (espero que breve) do meu Raid Melides- Tróia 2006

Dia 28 - Peço no fórum que me substituam na função de Contador - Mor pois vou rumar a sul ( como eu adoro o Sul) e não estarei para colocar o nº 1 ( genial esse nº 1 amigo Antunes).
Pela tarde arrumo a "trouxa", vou buscar o meu filho mais velho e sigo pela A2 até Setúbal aí e durante a travessia do ferry- boat tenho a felicidade de avistar os lindos Roases do Sado (golfinhos). Estrada fora e uma indicação de um parque de campismo... é já aqui! Agradável surpresa, o parque da Galé e a respectiva praia são locais fantásticos.

Dia 29 - Praia, pôr a leitura em dia ( se é que alguma vez vou conseguir).
De tarde ligo para o Hugo Velez, fiquei de o conhecer em Melides. É para aí que rumo ao final do dia. Encontro à minha espera uma recepção fantástica, o simpático casal Hugo e Tânia. Juntos, eu depenicar um "queijinho" alentejano e a beber uma "cervejola" ( luxos para quem não vai fazer uma prova no dia seguinte) eles a comer uma "douradinha" lá fomos aprofundando o relacionamento através de relatos de uma paixão mútua: a aventura! Fotografias e...xixi cama que amanhã é dia de Raid.

Dia 30 - Estava excitadíssimo, parecia que era um dos Raiders. Chego a Melides e dirijo-me a um rosto que me era familiar mas que ainda não tinha cumprimentado pessoalmente, o Fernando Andrade. Eu efusivo e a "falar pelos cotovelos" o Fernando com certeza a pensar " este tipo é um fala barato do caraças"... foi um prazer conhece-lo Fernando Andrade! Repito esse mesmo prazer com o Joaquim Antunes e depois com o Hébil e depois com muitos outros. Fotografo, sou fotografado, saúdo, sou saudado... estava feliz era o dia do "meu" Raid.
Pum! Partida, aí vão eles, "esperem por mim" gritei, não me ouviram! Dirijo-me para o carro que conduzo até á Praia do Pego, local aonde chego a tempo de avistar os primeiros raiders que vou incentivando e fotografando até ficar sem pilhas (que me perdoe o Gonçalves dos Machada Runners e o Antunes a quem eu por "azelhice" "cortei a cabeça" após trés tentativas). Novo destino, Tróia, espero comprar pilhas e fotografar os restantes. Encontro o Carlos Viana (que me abasteceu de pilhas), revejo a Ana Pereira, cumprimento o dirigente e triatleta Paulo Alves (sempre simpático, sempre bem - disposto) desta vez na organização da prova e reconheço ( pelas descrições físicas que me deu) um camarada belga de corrida que passa férias em Portugal e lê o meu blog assiduamente o Dominique. Para o ano estaremos em Melides Dominique!
Ei-los que vão chegando os “heróis das areias” com todas as "máscaras" que podemos imaginar depois de 43Km de areias quase "movediças" mas apesar disso, certamente todos felizes. Eu distribuia " parabéns", "parabéns", "parabéns" (já me estou a alongar ). Olhei para o relógio, 15hrs, o meu filho esperava-me na Galé para o regresso a casa, tinha de me ir embora, que pena não iria ver chegar muitos amigos. O último que vi foi o Jorge a quem eu convenci “meter-se”nesta aventura e que para ela comigo treinou até eu "dar o berro", parabéns Jorge, num dia tornaste-te um Maratonista e um Ultramaratonista, é obra! E desta forma despedi-me de todos já com saudades do futuro, até para o ano Reis das Areias, serei novamente mais um candidato à coroação!

Bem e já chega! Quero agradecer as palavras simpáticas que me dirigiram nestas últimas mensagens e dizer-vos que elas são uma parte importante do meu programa de recuperação e ainda que são vocês que alimentam a minha paixão pelo desporto em geral e por estas "maluqueiras" em particular. E pronto… tenho dito! 


Para breve mais crónicas da prova e a conclusão dos " Joelhos do meu descontentamento"

Fotos da prova em http://raidmelidestroia.blogspot.com/

Comentários

Mensagens populares deste blogue

MEMÓRIAS DA SERRA DA CARREGUEIRA

( Legendo só a última fotografia - este era um tanque de água próximo do quartel onde vínhamos tomar banho no verão na esperança de vermos também umas miúdas que por lá apareciam de vez em quando)

Por vezes basta uma palavra, um encontro com uma pessoa ou o regresso a um lugar, para que a memória se abra como um livro e revele parte da história da nossa vida que afinal, ao contrário do pensamos, ainda está bem viva em nós. Foi o que me aconteceu esta semana com o convite do Luis Miguel para um treino na Serra da Carregueira - Sintra, local onde há 27 anos atrás, estive às ordens do Estado pelo período de 16 meses a cumprir o então "serviço militar obrigatório". Chamava-se na altura "Regimento de Infantaria nº 1", que incluía um dos chamados "Batalhões operacionais de primeira linha" do Exército português, o que significava, homens prontos para uma eventual intervenção militar imediata, isto apesar da guerra colonial ter acabado na altura havia 12 anos e …

NÃO HÁ ALMOÇOS GRÁTIS

Finisher na Maratona de Lisboa 2007
(Fotodesporto)
Depois de duas consultas no CMD ( Centro de Medicina Desportiva) com RX´s e ressonâncias na mão e algumas horas de espera, sou recambiado para uma consulta no Hospital da Cuf com o argumento de que o meu problema era "complexo". Habituado às "complexidades" da vida e sobretudo a perceber como estas alimentam as diferenças de poder e "afirmam" crenças, neste caso de que todas as opiniões médicas são prescritivas ( entre outras opiniões de "especialistas"), pensei, "já vou ficar a arder com mais uns tostões". Mas fui, não fujo ao grupo dos "crentes", mesmo que tenha consciência dos dogmas de uma ciência quase transformada em religião, e confesso que os referidos especialistas são para mim ( e para mais) uma espécie de pastores evangélicos que nos libertam sempre um "aleluia", afinal, algo existe além desta enfadonha ignorância quotidiana na qual a maioria de nós chaf…

SE CÁ NEVASSE FAZIA-SE CÁ SKI

Zé Neves a fazer SKU desde 2010 (sempre a descer)!

Salada de frutas - Se cá nevasse fazia-se cá ski
"Sebastião cá voltasse
Se a moleza se cansasse
Se o Eusébio 'inda jogasse
Ai que fintas que ele faria um dia...
Se o imposto não subisse
Se o emprego não fugisse
Se o presidente sorrisse
Outro galo cantaria um dia...
Se cá nevasse fazia-se cá ski...
Se cá nevasse fazia-se cá ski...
Se cá nevasse fazia-se...fazia-se...

Há sempre um "se" no caminho
Que me deixa as mãos tão presas
Se eu cortasse o "se" daninho
Talvez me livrasse das incertezas...
Se cá nevasse fazia-se cá ski...
Se cá nevasse fazia-se cá ski...
Se cá nevasse fazia-se...fazia-se..."