Avançar para o conteúdo principal

[O Homem da Maratona] RUMO AO TRAIL- SEMANA 9: CARPE DIEM


Posted By Zen to O Homem da Maratona at 1/14/2007 03:24:00 PM


"Aproveita o teu dia"...sussura-me uma voz quando acordo às 8 da manhã para me preparar para mais um treino domingueiro, "carpe diem"...

Ligo a televisão ( não sei porque é que a continuo a ligar sobretudo quando acordo bem disposto), "o Iraque mergulhado numa sangrenta guerra civil", " Bush autorizou a exploração de petróleo no santuário natural do Alaska", " consequências do efeito de estufa são visíveis à escala global", " mais uma fábrica da Vale do Ave encerrada, 300 trabalhadores despedidos... recordo o relatório que havia lido na noite anterior e que denunciava a vida "palaciana" de algumas classes profissionais portuguesas do sector público, mais próximas dos privilégios da aristocracia do "antigo regime" do que de profissionais ao serviço de uma democracia contemporânea. Na minha mente vejo as suas representações de "gentes" pós modernistas com o sua suspeita admiração pela cultura, o seu "humanismo" caritário, a sua mal disfarçada e inacabada luta por uma "sociedade plural", "igualitária", "justa" e solidária. Umas páginas mais à frente do referido relatório, a denuncia do seu fausto, da predação dos nossos escassos recursos financeiros comuns, a negociata do seu gládio elitista distribuído entre os seus pares, os cargos e os ordenados chorudos que se arranjam para os filhos acabados de sair das universidades ( com milhares de jovens universitários a labutar por empregos) e o seu exército de lacaios encarregues de nos "soprar" aos ouvidos o "eminente colapso nacional", culpando-nos ( a nós portugueses) por trabalhar pouco, ganhar muito, usufruirmos de "regalias" imerecidas, apontando o dedo à nossa "esterilidade" nas ideias para a criação de empresas "competitivas na actual conjuntura económica mundial" ( o que em parte eu concordo, mas repartam-se as culpas pelos "iluminados") etc, etc, enfim tratando-nos como uns patetas, governados sabemos nós, por patetas de ar engalanado! Na minha cabeça antes de sair da porta de casa, ocorre mais uma frase latina" Homo Homini Lupus", "Homem lobo do Homem".
"Aproveito o meu dia". Meto-me no carro e chego a horas (finalmente) ao treino longo da semana com os "Macahadarunners". Conto as cabeças, esta semana somos 14 atletas dispostos a fazer os mais de 30km previamente combinados. O número de adesões tem aumentado e variado de um mínimo de 6 para o máximo de ontem. Manhã fria, boa disposição e "pum" início do treino que mais parecia a partida para uma prova de fim-de-semana. O dia está enevoado, húmido e frio. Os gorros e as luvas depressa ficam brancos com a humidade, as respirações ofegantes pelo mudança de ritmos. Na frente iam aqueles que estavam dispostos a "aproveitarem o seu dia" numa passada talvez demasiado rápida para a primeira hora de treino. Alerto lá para a frente em jeito de "coruja", "olhem que isto vai fazer mossa lá mais para o fim". Este pelotão é "sábio" e reduz o andamento, compreendo que são por vezes as pernas que tem assas, o desejo de correr em todos é enorme. Postos de abastecimento pelo caminho (torneiras públicas), reportagem fotográfica em andamento, conversas variadas, que se ligam, desligam e voltam a ligar uns quilómetros mais à frente. Reforçam-se laços, traçam-se futuras amizades, combinam-se convívios, descobrem-se coisas, umas boas outras nem tanto. Próximo das 2h45 de treino as primeiras "baixas", o pelotão estica-se e encolhe-se para recolher aqueles que ficam para trás, volta a esticar-se e parte-se definitivamente. O corpo já dói, a fome e a sede apertam mas a indomável vontade de correr mantêm-se, as pernas voltam a ter assas, umas voam mais alto que outras. O resultado foi mais um treino de 3.05h com a distância de 32.400mts e uma média que para alguns foi de 5.40 mas que eu suspeito ter sido ligeiramente inferior para outros.
Uma semana regular com 4 treinos num total de 6hrs de treino. Esta semana começa a descompressão para a Maratona de Badajoz com a redução da "quantidade" e o aumento da "qualidade". A data do “Trail Caminhos de Santiago” foi definitivamente marcada para 28, 29 e 30 de Abril. Eu consegui chegar primeiro na marcação das férias e parece que a minha presença está mais para ser uma certeza do que uma dúvida.

Seg - Descanso
Ter - 50 CC
Qua - Fartlek em pirâmide até aos 4/4m
Qui - 1.10 CC
Sex - Des.
Sáb - Des.
Dom - 3.05 CC ( com rectas no final)

"Carpe Diem" para todos.

Podem ver mais notícias e fotografias deste treino no blog do Machada Runners




--
Posted By Zen to O Homem da Maratona at 1/14/2007 03:24:00 PM

Comentários

Mensagens populares deste blogue

MEMÓRIAS DA SERRA DA CARREGUEIRA

( Legendo só a última fotografia - este era um tanque de água próximo do quartel onde vínhamos tomar banho no verão na esperança de vermos também umas miúdas que por lá apareciam de vez em quando)

Por vezes basta uma palavra, um encontro com uma pessoa ou o regresso a um lugar, para que a memória se abra como um livro e revele parte da história da nossa vida que afinal, ao contrário do pensamos, ainda está bem viva em nós. Foi o que me aconteceu esta semana com o convite do Luis Miguel para um treino na Serra da Carregueira - Sintra, local onde há 27 anos atrás, estive às ordens do Estado pelo período de 16 meses a cumprir o então "serviço militar obrigatório". Chamava-se na altura "Regimento de Infantaria nº 1", que incluía um dos chamados "Batalhões operacionais de primeira linha" do Exército português, o que significava, homens prontos para uma eventual intervenção militar imediata, isto apesar da guerra colonial ter acabado na altura havia 12 anos e …

A VIDA O AMOR E OS... TRILHOS

Pois é, o "Trilhos Míticos" está de volta. A vida neste tempo em que estive ausente deu as suas "voltas", os "amores" também mas os trilhos continuaram a percorrer-se, agora também de mota como podem ver nas imagens. Ficará por contar aqui as minhas voltas entre a Suiça, Áustria e Alemanha, durante o último ano e meio, a referência aos seus bonitos trilhos de montanha e lagos onde me fundi de corpo e alma ( e por lá deixei parte deste/a).  Durante muitos anos o Trilhos Míticos foi essencialmente o espaço aonde escrevia acerca das minhas aventuras desportivas, que não podendo-do recuperar as muitas histórias que tenho destas desde o inicio dos anos 90, falava das que vivia na "actualidade" e foram muitas! Mas isso mudou desde há dois anos num processo que se adivinhava há muitos mais. Como a vida é dinâmica e este blogue também, este passará a incluir todos os trilhos percorridos por mim, seja a pé, a nadar, de bicicleta, de mota, de canoa e ago…

NÃO HÁ ALMOÇOS GRÁTIS

Finisher na Maratona de Lisboa 2007
(Fotodesporto)
Depois de duas consultas no CMD ( Centro de Medicina Desportiva) com RX´s e ressonâncias na mão e algumas horas de espera, sou recambiado para uma consulta no Hospital da Cuf com o argumento de que o meu problema era "complexo". Habituado às "complexidades" da vida e sobretudo a perceber como estas alimentam as diferenças de poder e "afirmam" crenças, neste caso de que todas as opiniões médicas são prescritivas ( entre outras opiniões de "especialistas"), pensei, "já vou ficar a arder com mais uns tostões". Mas fui, não fujo ao grupo dos "crentes", mesmo que tenha consciência dos dogmas de uma ciência quase transformada em religião, e confesso que os referidos especialistas são para mim ( e para mais) uma espécie de pastores evangélicos que nos libertam sempre um "aleluia", afinal, algo existe além desta enfadonha ignorância quotidiana na qual a maioria de nós chaf…