Avançar para o conteúdo principal

2014 - SEJA AGORA

"Tem de acontecer, porque tem de ser
e o que tem de ser tem muita força
E sei que vai ser, porque tem de ser
Se é pra acontecer, pois que seja agora" (...)

Deolinda, "Seja Agora"



2013 está a findar-se, 2014 está próximo e eu estou agora no sofá a escrever umas linhas nos blogues que teimosamente vou mantendo enquanto oiço Ludovico Einaudi. Apesar do frio destes últimos dias, está um sol lá fora que animaria o mais empedernido sedentário para uma passeata no exterior. Já lá vou, até estou de folga hoje, mas vivo o instante, ler e escrever um bocado também são exercício!
Não vou fazer retrospectivas do ano que está prestes a acabar. Cada vez me apetece menos fazer planos e retrospectivas ( confesso que as faço em sede própria), estou um bocado como a canção dos Deolinda, " se é para acontecer, pois que seja agora"! O que posso aqui dizer é que voltei a correr com alguma regularidade, apesar do trabalho e das preocupações terem aumentado  ( é uma boa forma de resistir à "brutalização" do quotidiano, tal como ler e escrever, mesmo que se faça sem método, tal como eu). Ainda bem que é assim ( voltar a correr), consigo manter uma parte de mim sã e isso permite-me "funcionar" sem muitas "avarias". A propósito de pequenas avarias ( as grandes não vale a pena contá-las aqui), estou a comer um chocolate suiço que comprei ontem em promoção, mas dentro do prazo. Está a saber-me divinamemente! Estão a ver porque é que não me apetece ir lá para fora treinar ( oiçam também Einaudi, numa sala quentinha a comer um chocolate suiço e depois digam-me qualquer coisa)?!

Bem e parando de "encher chouriços", tenho a comunicar-vos ( isto de falar para os leitores agrada-me :-) que as actividades para 2014, são as que já estou já inscrito, como o Trilho dos Abutres lá para final de Janeiro. O meu irmão acena-me com os 100km de Ronda, bem, "bora lá", mas ainda temos de conseguir inscrever-nos, o que não me parece nada fácil. O resto... "seja agora"!

Abraços.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

SE CÁ NEVASSE FAZIA-SE CÁ SKI

Zé Neves a fazer SKU desde 2010 (sempre a descer)!

Salada de frutas - Se cá nevasse fazia-se cá ski
"Sebastião cá voltasse
Se a moleza se cansasse
Se o Eusébio 'inda jogasse
Ai que fintas que ele faria um dia...
Se o imposto não subisse
Se o emprego não fugisse
Se o presidente sorrisse
Outro galo cantaria um dia...
Se cá nevasse fazia-se cá ski...
Se cá nevasse fazia-se cá ski...
Se cá nevasse fazia-se...fazia-se...

Há sempre um "se" no caminho
Que me deixa as mãos tão presas
Se eu cortasse o "se" daninho
Talvez me livrasse das incertezas...
Se cá nevasse fazia-se cá ski...
Se cá nevasse fazia-se cá ski...
Se cá nevasse fazia-se...fazia-se..."

MERGULHO DE ANO NOVO 2016

Mais um ano se foi e outro começa. Que tenha mais dias felizes que 2015! Afectos, projectos, aventuras e claro, muito desporto! Hoje em Sesimbra, num dia de chuva, sem frio e com o mar a 14º fomos 13 os que decidiram "renovar-se" para 2016 com um mergulho de mar. Destes, 5 valentes entre 3 e os 13 anos experimentaram as águas agitadas da Praia do Ouro, a Laurinha ( na foto em baixo) a mais jovem do grupo, ficou-se por um "lava pés". Um ano desportivo a todos os seguidores do "Trilhos"

ALMOUROL 2014

Descobri este texto nas "memórias do facebook", acho que não o postei aqui. Os tempos agora são muito diferentes. Tenho uma hérnia discal, estou de baixa há mais de um mês e não treino vai para muito tempo. A operação cirúrgica está eminente e estas actividades, de maior impacto como o Trail, farão inevitavelmente parte do passado. Recordemo-lo...
José Neves8 de Abril de 2014 "Nada de fotografias por favor", o gesto e a expressão pouco amigáveis, parecem o de uma vedeta surpreendida por um paparazzi indiscreto. Não foi nada disso, em legenda, caso não tenham reparado está escrito: " qualquer semelhança com a realidade é pura ficção". A outra "realidade" é que no momento desta fotografia estava certamente no primeiro terço do pelotão usando a minha habitual estratégia de "trás para a frente, a mesma "ficção" foi achar que podia durante 44km manter-me assim. Trocando isto por "miúdos": a partir dos 30km "dei o…